3° Vertentes Musicais

Image and video hosting by TinyPic

O 3° festival de música intitulado Vertentes Musicais, que acontece em São João Del Rei (MG) há três anos em média, foi para mim uma surpresa muito grande. Sabe aqueles programas que você topa fazer só por que quer dar uma fugidinha de sua rotina habitual? Foi assim que eu me senti quando encarei quatro horas de viagem daqui de Divinópolis para São João, a convite de uma amiga de um festival anterior.

Porém, ao chegar na cidade e me dirigir ao conservatório onde efetivei minha inscrição, comecei a perceber que a coisa ia ser um pouco diferente do que eu imaginava. A princípio, tudo muito bem organizado, cada participante bolsista seria direcionado ao seu quarto no alojamento, um hotel muito bem situado no centro da cidade, e receberia os cupons que valiam suas refeições. Tinha direito até a crachá com foto tirada na hora!

No mais, tudo fluiu extremamente bem, o professor de viola, Renato Bandel, foi incrível. Mesmo que eu já tivesse tido a experiência de ser aluno dele anteriormente, ele não falhou em me surpreender. Residente em São Paulo, Bandel foi formado em música na Alemanha, onde foi estagiário da Orquestra Filarmônica de Berlim, e onde conquistou também seu doutorado em música, então você sabe o que pode esperar ao se deparar com um cara desses. E o ele ainda me aparece em uma aula com uma camisa do “Delicate Sound of Thunder”, do Pink Floyd.

Muitos dos outros professores eram efetivos no curso de música da UFSJ, um curso novo que tem dado muito certo, aparentemente devido ao alto nível dos professores contratados, e ao tamanho comprometimento da faculdade com os alunos. São João é, aliás, uma cidade que já possuía uma vasta tradição musical mesmo antes do curso de música vir à sua federal.

Além de tudo, a cidade foi muito acolhedora, assim como os professores e alunos da UFSJ, o que dá uma idéia do quão prazerosa tem sido a relação criada entre os envolvidos no

curso de música. Foi muito bom compartilhar desse sentimento por alguns dias.

Bom, nem tudo são rosas, então sou forçado a reclamar das vinte vagas para viola que foram dadas para serem distribuídas entre um único professor, em quatro dias de festival, sendo que a falta de uma prévia distribuição deste tempo ainda contribuiu para que ele se tornasse ainda mais escasso. Porém, devido ao nível do sujeito, minha única aula individual com o Renato foi o suficiente para pagar pela minha viagem.

Portanto, se você é músico sério, gosta de participar de festivais, e mora na região, o próximo “Vertentes Musicais” provavelmente será uma ótima pedida para você.

2 comentários:

vinny disse...

Quem sabe um dia tbm não participo!
Se um dia tiver a oportunidade, irei com ctz!

Abraço!

www.blogbyvinny.blogspot.com

monica disse...

é massa ter essas oportunidades assim, e principalmente poder ter aulas com esses professores fodas!

texto muito bem escrito!!!